Mês: dezembro 2017

Oficiais da Marinha são presos fornecendo armas do Paraguai para o Rio de Janeiro

1.jpg

Três segundos-tenentes da Marinha foram presos no Mato Grosso do Sul tentando levar armas ilegais compradas no Paraguai para o Rio de Janeiro.

Eles foram flagrados por agentes da PRF (Polícia Rodoviária Federal), na noite de sexta-feira (8) em Rio Brilhante (MS). Ivan Passos da Cruz, 29, Clércio Gondim da Silva Júnior, 28, e André Luis Nascimento Fragoso, 28, trabalham em uma unidade da Marinha no Rio de Janeiro.

Eles estavam em um ônibus que viajava de Ponta Porã (MS), na divisa com o Paraguai, a São Paulo. Os três disseram que pretendiam seguir depois para o Rio de Janeiro, também de ônibus.

A PRF afirmou por meio de nota que “os homens declararam que compraram [o armamento] em Pedro Juan Caballero, no Paraguai e pretendiam levo até o Rio”.

Segundo os policiais rodoviários, os suspeitos disseram que estão sendo ameaçados por traficantes e precisam das armas para se defender.

(…)

Ao serem abordados pelos agentes da PRF, os três se identificaram como oficiais da Marinha Brasileira. Os policiais rodoviários perguntaram aos oficiais se eles estavam armados, para que eles pudessem revistá-los.

Na sequência, um deles informou que estava armado, mas não tinha o registro do armamento. Os policiais rodoviários estranharam e fizeram uma revista nas bagagens e assentos dos três tenentes. Foi constatado que, com os três, havia os seguintes armamentos:

2 espingardas calibre 12, da marca Boito, com o número de série raspado;
3 pistolas 9 milímetros, da marca Glock, com o número de série raspado;
8 carregadores de pistola calibre 9 milímetros;
260 munições calibre 12;
100 munições calibre .40;
900 munições calibre 9 milímetros;
2 coldres para pistola;
1 case para arma longa;
1 bandoleira;
2 placas balísticas para colete;
4 acessórios para espingarda.

FONTE:

https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2017/12/11/tenentes-do-comando-da-marinha-sao-presos-em-flagrante-no-ms-por-trafico-internacional-de-armas-e-associacao-criminosa.htm

Anúncios

Viaduto em SP terá o nome de dona Marisa Letícia

Imagem relacionada

Após dez meses desde a apresentação da proposta, a Câmara dos Vereadores de São Paulo aprovou, nesta segunda-feira (11), a denominação Dona Marisa Letícia, mulher do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, para um viaduto em conclusão no bairro de Santo Amaro. O projeto originalmente apresentado pela bancada do PT previa a adoção do nome de Dona Marisa, morta em fevereiro, para o prolongamento da avenida Chucri Zaindan até a rua Laguna. Diante da resistência dos governistas, avalizados pelo prefeito João Dória, o PT não conseguiu reunir os 28 votos necessários para a denominação. E, em uma reunião com o presidente da Casa, Milton Leite (DEM), acabou concordando com a fixação do nome em um viaduto ligando a avenida Luiz Gushiken à estrada do M’ Boi Mirim. Autor da proposta, o vereador Reis foi convencido por petistas a desistir da estratégia de obstrução da pauta. “Aceitei para não sair de mãos abanando e não prejudicar os outros vereadores. Finalmente, dona Marisa será homenageada”, disse Reis.

FONTE:

http://www1.folha.uol.com.br/poder/2017/12/1942497-viaduto-em-obra-tera-o-nome-de-dona-marisa-leticia.shtml?utm_source=facebook.com&utm_medium=social&utm_campaign=fb-noticias&utm_content=geral

Lula recebe título de ‘Campeão Mundial na Luta Contra Fome’ pela ONU

Resultado de imagem para Luiz Inácio Lula da Silva PRÊMIO ONU

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi condecorado nesta segunda-feira (10) pela Organização das Nações Unidas (ONU) com o título de “Campeão Mundial na Luta Contra a Fome”. O Brasil sedia nesta manhã o Diálogo Brasil-África sobre segurança alimentar, com a participação de ministros da Agricultura de países africanos e representantes da ONU.

“Lula, você deu o que há de mais importante ao povo: esperança. O Brasil alcançou todos os objetivos do milênio. (…)”, disse a diretora-executiva do Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas (PMA), Josette Sheeram, antes de entregar o prêmio ao presidente. Em seu discurso, ela citou programas do governo Lula, como o Fome Zero, e destacou que a luta contra a fome pode gerar crescimento econômico.

“Programas de combate à fome são um bom negócio, criam empregos e crescimento econômico. O Brasil demonstrou ao mundo que lutar contra a fome tem um significado econômico. O Fome Zero custa menos de 2% do orçamento nacional. Além disso, a luta contra a fome tem um sentido político positivo”, disse Sheeram.

A distinção “Campeão Mundial na Luta Contra a Fome” do PMA é entregue anualmente a lideranças que se destacam em combater a falta de alimentos no mundo. Entre os ganhadores anteriores do prêmio estão Kofi Annan, ex-secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, secretário-geral da ONU e Robert Zoellick, presidente do Banco Mundial.

Na abertura do Diálogo Brasil-África sobre segurança alimentar, o ministro de Relações Exteriores, Celso Amorim, defendeu a atual política externa brasileira, que valoriza as relações com países africanos. “Tenho certeza que a cooperação entre o Brasil e a África nos tornará mais fortes e capazes de combater distorções”.

FONTE:

http://g1.globo.com/politica/noticia/2010/05/lula-leva-titulo-de-campeao-mundial-na-luta-contra-fome-pela-onu.html